sexta-feira, 14 de junho de 2013

Coisas de mulher!

Eu sei que é um assunto que nem todas gostam de falar, mas ficam curiosas quando tem um artigo com o tema, então mulheres temos que nos cuidar e nada como ficar por dentro de tudo, lendo esta materia...

Fique mais lubrificada comendo os alimentos certos!

Uma reclamação bastante comum das mulheres é a falta de lubrificação. E aí fica a dúvida: há algum problema comigo ou o parceiro não está fazendo as coisas do jeito certo? Até se descobrir o que está havendo a mulher perde momentos de prazer, orgasmo e diversão.
São diversos os motivos que influenciam nessa secura. Lesões no sistema nervoso, baixos níveis hormonais no sangue, mau funcionamento das glândulas, anticoncepcionais com pouco estrógeno, infecções por fungo, amamentação, menopausa e alguns medicamentos como anti-histamínicos e antidepressivos.
Também existe a possibilidade do emocional influenciar no corpo nesse momento. “Há mulheres em que a falta de lubrificação é de origem psicológica, uma experiência traumática no passado, depressão, stress ou problemas na relação que dificultam que a mulher consiga relaxar, e assim prejudicam a lubrificação”, explica a ginecologista e obstetra Dra. Erica Mantelli.
“Quando o seu corpo aumenta a circulação sanguínea, que atua diretamente no sistema nervoso central, ele altera a libido, produz mais hormônios sexuais e estimula sensações de prazer favorecendo a lubrificação vaginal”, ressalta a ginecologista. A lubrificação vaginal é, basicamente, uma consequência de excitação. Ela facilita a penetração e deixa a dor fora da brincadeira.
Os alimentos certos podem fazer isso! Antes de tudo, evite doces, frutas cítricas e alimentos a base de glúten. Pronta para fazer sua lista de mercado?
Alho


Melhora o fluxo do sangue e aumenta a lubrificação da vagina.

Banana



Ela é responsável pela vasodilatação, dá sensação de bem-estar e, com apenas duas por dia, sua lubrificação já aumenta.

Chocolate



Além de ajudar na lubrificação, ele é estimulante, dá sensação de prazer e felicidade – o que vai te ajudar a ficar mais animada na hora H. Prefira os meio-amargos, que tem menor concentração de açúcar.

Leite e derivados


O cálcio desses alimentos enrijecem os músculos, o que pode favorecer o orgasmo.

Frutos do mar


O zinco presente neles ajuda a fabricação de secreções como a da lubrificação feminina.

Nozes, castanhas, amêndoas


Elas aumentam a libido com a vitamina B3 e compõem o colesterol bom, importante para a produção de hormônios sexuais.



Ivanete Knaepkens

Um comentário:

Danielle Martins disse...

Nossa acho que por isso que nunca sofri deste mal, pois adoro e como muito tudo isso! ;-)